segunda-feira, 21 de setembro de 2009

(des)complicar


Apaguei da minha memória seu sorriso. Por que vou achar um outro sorriso mais bonito.
Tirei da minha vida tudo o que lembrava você. Vou achar alguém que faça da minha vida a própria vida. Alguém que preencha o tempo sendo feliz do meu lado.
Era tão simples amar você ... Que agora é mais simples ainda lembrar que você não merece nem um centímetro do que eu mudei por você.

E que na verdade, com você eu não teria futuro.


"Nenhuma situação é tão complicada que uma mulher não possa piorar"

eu


8 comentários:

  1. Olá poetinha! Obrigado por mais uma visita, realmente dançar é tuuuuudooo! no seu aniversário dance por mim tbm.
    Sou gaúcho, moro em Sampa só a 4 meses, mas adoro!!!
    Abçosss!!!

    ResponderExcluir
  2. No início parece impossível, mas sempre encontramos um outro sorriso. Para os que tem bom coração nem é preciso procurar, essas coisas agente se esbarra e antes de percebermos estamos sorrido novamente. =)

    ResponderExcluir
  3. Complicar ...Porque certas pessoas são tão complicadas. Não conseguem sair da "gaveta".Vivem num mundo cheio de falsos moralismos e dizem que são felizes. Vou apagar da minha memória marcas deixadas...e tentar me proteger das emoções. Ser mais racional. As vezes tudo isso para não se machucar.
    Acho é mais ou menos assim...não??????

    ResponderExcluir
  4. Má, na verdade acredito mais que o ser humano pode piorar qualquer situação, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Má. Que bom que foi ao meu espaço.
    Eu tbm me revelo bem mais quando escrevo. Os poetas são assim. É difícil frear os sentimentos nas palavras, eles saem mesmo, sem hesitar.
    Obrigada pela visita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. "Nenhuma situação é tão complicada que uma mulher não possa piorar"

    Devo concordar!!!

    ResponderExcluir
  8. Eu não consigo apagar coisas da minha memória. Ela é tão abarrotada de sentimentos, sensações e lembranças que vivo me perdendo nela. Brigada pela visita e pelas palavras gentis, Má.

    Um beijo.

    ResponderExcluir